À mão, com amor.

endossa_marcadasemana_01-09_img1

Quando a gente trabalha com o que e com quem a gente gosta, tudo fica mais fácil. É o caso do produtor musical Gustavo Halfeld, 28, e a estilista Thaís Madureira, 25, que vendem as belas peças de roupa da Quero Melancia na Endossa Brasília desde fevereiro deste ano.

Tudo começou com uma paixão de Thaís pela moda. “Quando a conheci, ela trabalhava em festas e produzia seus looks, e a galera se amarrava”, conta Gustavo, que a conheceu quando fazia shows com uma banda. “Pedi que ela fizesse algumas camisas com estampas chamativas, e elas também foram bem elogiadas”.

 

endossa_marcadasemana_01-09_img3

Foi quando os dois tiveram a ideia de vender as peças que faziam tanto sucesso. E eles sabiam que tinham um diferencial: é difícil encontrar roupas exclusivas, numeradas, tão bem modeladas de forma minimalista, com cortes retilíneos e estampas descontraídas por aí. Como o próprio co-fundador explica: “nós vamos na contramão da padronização e tiragens em larga escala praticadas pelas grandes lojas de departamento”.

Responsável pela parte financeira, geração de material visual e produção dos eventos, Gustavo conta que o nome Quero Melancia quer transparecer justamente essa descontração das peças. “O nome transmite algumas ideias que representam bem a marca, como tropical, leve, colorido, refrescante. É uma onda mais sinestésica mesmo”.

 

endossa_marcadasemana_01-10_img1

Inspirados pela natureza, pela arquitetura de Brasília, pelo movimento Swinging London e pela art Déco, o casal faz em conjunto o processo criativo, como a criação de conceito das coleções, estamparia e a divulgação. “Começamos a discutir desde o lançamento de uma coleção as cores, sensações e impressões que queremos causar com a próxima série. Tendo em mente o conceito, passamos a idealizar os modelos e estampas”, diz Gustavo.

Além do material básico para a produção das roupas, como tecidos e botões, Gustavo e Thaís também utilizam carimbos esculpidos por eles mesmos para fazer as estampas. “Felizmente as pessoas se interessam e valorizam este trabalho”, comemora Gustavo. E são justamente as peças estampadas à mão as mais pedidas, assim como as camisas de botão e croppeds.

 

endossa_marcadasemana_01-09_img2

E tem novidade: a Quero Melancia acaba de lançar a coleção CRULS, inspirada na expedição que mapeou o centro-oeste para a vinda da capital modernista para a parte central do país. Assim, tudo com um conceito bem amarradinho.

E eles dão a dica para quem quer se aventurar com a própria marca:

“Nós também estamos começando, temos apenas 1 ano de marca! Mas neste período aprendemos a valorizar as pessoas que trabalham bem com a gente, a nos preocupar com conceito e nossos valores que nos guiam e buscar a perfeição em todos os processos, pois qualquer deslize impacta o resultado final”.

 

Fotos: Matheus Pena / Patrícia Soransso / Amanda Goes

:: Site ::

:: Facebook ::

:: Instagram :: 

Comments