Quando tudo é uma questão de responder aos sinais da vida.

Produtos euvua

Quase todo mundo tem um lado mais supersticioso. Tem aquelas pessoas que leem o horóscopo diariamente, aquelas que usam a camisa da sorte e até mesmo as pessoas que acreditam que a vida dá sinais. No caso de Yeda Miranda, dona da marca Era Uma Vez Uma Agulha, o sinal foi mais uma chance que o destino a deu para mudar de profissão.

“Não estava contente no meu trabalho e na hora de renovar o contrato deu tudo errado, achei que era um sinal de que eu precisava mudar minha vida, então saí de lá”.

 

Atelie 2 euvua

Meses antes, a paulistana já havia se interessado pela costura. Com alguns tecidos, ela começou a fazer panos de prato e vender para a família. Hoje, a maioria de suas vendas são as capas de livro, que são robustas e super usuais, já que contam com uma nécessaire e um bolso interno. Para se inspirar, Yeda vai direto ao material:

“Para uma coleção procuro o bloco de pacthwork que ficaria legal nas peças que vou costurar, penso com quais cores quero trabalhar e mando ver na máquina!”.

 

Atelie euvua

Mas claro que, além do material e das cores, a empreendedora busca outras referências, como arte e música. E toda essa união é que faz o processo acontecer.

“Me inspiro quando brinco com a minha filha, ela tem 9 meses, faz muitas gracinhas e aí parece que o mundo é todo colorido, que eu posso fazer o que quiser! Gosto de crafters no Instagram como Suzy Quilts e Fá Giandoso. E escuto muito David Bowie, Novos Baianos e Marisa Monte”.

 

Atelie 4 euvua

Pela segunda vez na Endossa – após uma pausa durante a gravidez –, Yeda reforça que a loja colaborativa alavanca a marca em vendas e visibilidade. E todo o esforço que ela faz para marcar sua presença é para levar peças bonitas, úteis e práticas que ajudem o dia a dia das pessoas, feitas com carinho e exclusividade. E é por isso que Yeda leva como referência a frase “Seja a mudança que você quer ver no mundo”, de Mahatma Ghandi.

Para quem está dando seus primeiros passos no próprio negócio, ela dá a dica:

“Se você acredita no que faz, não desista. Assista a web seminários ‘chatos’ e aplique no seu dia a dia, tome os erros como aprendizado e siga em frente. Não esqueça que um longo caminho acontece com um passo após o outro”.

Você pode encontrar os produtos da Era Um Vez Uma Agulha, ou apenas EUVUA, na Endossa CCSP.

Comments