Se você já foi ao Centro Cultural São Paulo, sabe que lá é um lugar que abriga pessoas diversas com objetivos variados. Um espaço para estudar? Para almoçar? Para assistir um filme ou uma peça? Explorar exposições? Sim para todas as opções. E é por isso que amamos tanto este lindo lugarzinho paulistano!

Com esta proposta de diversidade, o CCSP oferece aos visitantes diferentes tipos de atrações culturais. E foi assim que nesta semana, dia 5, a peça de teatro “Oju Urum” entrou em cartaz, contando a história de quatro mulheres em espaços e tempos diferentes, mas que guardam um detalhe em comum: a necessidade de questionar os discursos de poder escondidos no conceito de gênero.

 

Oju_Orum_-_Alice_Peres_2-910x606

 

 

Inspirada na história da negra Anastácia – que tinha como nome verdadeiro Oju Orum –, a peça tem direção de Johana Albuquerque e dramaturgia de Tadeu Renato. Na atração, o espectador conhecerá a história de uma escrava, uma adolescente do século 20, uma “dama” dos anos 70 e uma jovem contemporânea da periferia de São Paulo.

Se você está afim de um programa cultural bacana e bem reflexivo, vale a pena! Mas fique de olho: “Oju Urum” fica em cartaz até o dia 31 de maio e é apresentado apenas de terças e quartas, às 20h.

E já que o assunto é empoderamento feminino e negro, não podemos de falar de duas caixas protagonistas nessa missão: a Nêga e a Heroicas. A primeira tem no seu DNA a valorização das origens negras da criadora, e a segunda passa mensagens de empoderamento em cada produto.

 

4fotos

Produtos da Nêga. Todos são feitos à mão e são ultrarresistentes.

 
 

endossa_marcadasemana_foto_03-06

As minas da Heroicas, que são responsáveis pelos produtos empoderadíssimos.

 

 

Que tal aproveitar o passeio para passar aqui na Endossa? Afinal, os nossos produtos são de marcas que também estão preocupadas com a igualdade social!

 
 

 :: SERVIÇO::

 

Nome da Exposição: Oju Orum

Ideal para quem é feminista e simpatizante

Data de exibição: até 31/05

Direção: Johana Albuquerque

Dramaturgia: Tadeu Renato

Local: Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa

Preço: De R$ 3 a R$ 15

Comments